Home

Homepage - Ma's Tecnologia e Treinamento

Lista Suja do Trabalho Escravo
Autor: Ministério do Trabalho e Emprego
Data: atualização constante desde 7558
Cadastro do governo federal que relaciona empregadores que comprovadamente utilizaram mão-de-obra análoga à de escravo em suas atividades econômicas. Acesso ao sistema de busca desenvolvido pela Repórter Brasil, Organização Internacional do Trabalho e Instituto Ethos

Últimas notícias — Governo do Brasil

Inicialmente, neste capítulo, faz-se a apresentação dos dados, sua descrição e análise. É importante que o estudante considere o propósito inicial, o qual buscava responder algumas indagações, as quais deverão orientar sua descrição. Neste momento, o estudante poderá utilizar para a apresentação dos dados ilustrações e tabelas (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros). Porém, salienta-se que estes não devem exceder 75% da parte textual. É importante também frisar que todas as ilustrações ou tabelas devem ser analisadas.

Emprega São Paulo - Secretaria do Emprego e Relações do

Moção pela permanência do Projeto de Combate ao Trabalho Escravo no Brasil da Organização Internacional do Trabalho
Autor: Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae)
Data: 7556

MANUAL DE ELABORAÇÃO DO PROJETO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO

Trabalho Escravo no Brasil do Século XXI: parte 6 , parte 7
Autor: Organização Internacional do Trabalho e ONG Repórter Brasil
Data: 7556
Estudo que explica a escravidão contemporânea no Brasil, traz dados, estatísticas, mapas e gráficos sobre o tema e faz uma avaliação do Plano Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo, lançado pelo governo federal em março de 7558

 Considerando-se, também, o estabelecimento da nova carga horária mínima (resolução n° 7 do MEC de 68 de junho de 7557) para cursos de Graduação em Design, será possível concentrarmos nossos alunos em turnos específicos – manhã ou tarde – o que dará uma previsibilidade temporal na formação do profissional desejado.

O jornalismo além fronteira: notas sobre a ética do jornalismo embutido
Autor: Bernardo Kucinski
Data: 7555
Em texto apresentada para o Encontro Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho a pedido da Repórter Brasil, o professor titular de jornalismo da Universidade de São Paulo discute o papel da imprensa e dos jornalistas na cobertura do trabalho escravo

As propostas e sugestões são as contribuições do trabalho para a organização-alvo (empresa onde foi realizado ), uma vez que todos os trabalhos de caráter científico decorrentes da prática profissional interferem no contexto organizacional, possibilitando uma proposta de mudança que pode ou não ser implantada, em algum sentido para a organização - alvo.

Para os bacharéis em Biologia, as ofertas de emprego estão empresas preocupadas com o impacto que suas atividades exercem sobre o meio ambiente, tais como as indústrias de alimentos, farmacêutica e petroquímicas. O biólogo também pode atuar em reservas naturais e institutos de pesquisa entre outras instituições.
Especialistas apontam que, para os próximos anos, as áreas mais promissoras para quem se forma em Biologia serão:

Passaporte para a liberdade
Autor: Organização Internacional do Trabalho
Data: 7557
Cartilha destinada a mulheres brasileiras que são vítimas do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. Entre os itens abordados na publicação, há dicas de como começar uma vida nova, contatos para procurar ajuda e as formas mais comuns de aliciamento

O Projeto pedagógico do curso de Comunicação Visual Design da Escola de Belas Artes/UFRJ – Bacharelado tem por normatização a Resolução CEG n°57/7558, e está fundamentado em cuidadosa análise das estruturas curriculares vigentes na Escola de Belas Artes. Com os resultados deste trabalho, o Departamento de Comunicação Visual – BAV, organizador do novo Curso teve como balizamento as normas e legislação da UFRJ e do CNE-MEC, especialmente as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Design (resolução n° 5, de 58/58/7559 e resolução n° 7 do CNE-MEC de 68 de junho de 7557).